Loading...

Páginas

sábado, 27 de fevereiro de 2010

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010




A alma não tem cor.
Ela é puro amor,
Solidariedade, fraternidade,
Amizade.
Somos feitos de pedacinhos coloridos,
Temos uma cor para cada ocasião.
Azul equilíbrio,
Amarelo riqueza,
Verde esperança,
Laranja renascimento,
Rosa bebe,
Vermelho paixão,
A melhor mistura de todas
Cria um arco íris em degrade.
Nascemos e morremos
Com a mesma cor.
Ela é branca para chegarmos
E irmos com a paz.
Há quem faça história
E quem fique na memória.
Mas não podemos esquecer
Que temos uma cor
A cada amanhecer.
(Herrera)

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010




Os anos passam. . .
E às vezes pensamos
Que passamos junto.
Sentimos as diferenças,
No espelho,
Nas roupas,
Nos gostos.
Mas nada é igual como antes.
Porém ganhamos algo maravilhoso.
A experiência para não repetir
Os mesmos erros.
Sabedoria para enfrentar
As dificuldades.
E amor,
Para amar sem rancor,
Sem dor,
Sem posse.
Percebemos que valemos
Pelo que somos,
Pelos atos que praticamos,
Pelos rastros que deixamos.
(Herrera)

Ninguém é melhor
Ou pior.
Somos todos iguais
Aos olhos do Pai.
Com os mesmos direitos.
O pai não exige,
Compreende.
Não castiga, entende.
Não dá ordens, observa.
Acompanha.
Ele sempre está com os
Braços abertos, nos aguardando.
A sua porta nunca está trancada,
Apenas encostada.
Quando você sentir necessidade,
Passe por ela,
Abra-a.
Ele estará lá com um sorriso.
Nada falará,
Apenas consentirá
Na sua presença.
(Madre Teresa)

A nossa vida é embalada
No ritmo de uma música cotidiana
Acordamos jurando que será
Tudo diferente,
Mas pecamos em fazer tudo igual.
Uma cadencia alucinante, repetitiva.
Buscando diferenças,
Aparando arestas.
No final, termina tudo assim.
Uma luta gradual
Entre o bem e o mal.
O querer e o poder,
Ardendo na fogueira das vaidades.
As cinzas que voarem irá mostrar
O ressurgimento de vidas esquecidas,
Que fizeram história,
E permanecerão para sempre
Em nossa memória.
(Esmeralda Herrera)

domingo, 4 de outubro de 2009

Saber Mudar

Tudo muda,
A partir do momento
Que você resolve modificar
O seu modo de pensar.
Dê o primeiro passo.
Quem sabe um abraço.
Um aperto de mão.
Uma voz falando ao coração.
Tudo muda.
Preste atenção,
É você e só você
Que pode comandar.
Vamos começar?
(Clara Luz)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

BUSCA


Quando eu lhe busco,
É porque preciso
De uma palavra amiga.
Quando eu lhe chamo,
É porque preciso de sua presença.
Tenho de cultivar a minha crença.
Tenho de aceitar a minha verdade,
Transmitir a palavra,
Escrever e viver
Para um mundo melhor,
Onde eu possa pisar sem medo,
No chão firme,
Sem areias movediças,
Onde a sua mão me segure,
E a minha vida
Não sejam mais lendas e crendices.
Só tu Senhor
É aquele que nos pode transmitir
O verdadeiro e desinteressado amor.
(Herrera)

UMA VIDA DEDICADA AO AMOR

Uma vida dedicada ao amor
Sabendo passar pela dor,
Tendo como meta a solidariedade,
Enfrentando a sua verdade,
Sem fugir do destino,
Mas procurando um abrigo natural,
Daqueles que não desejam o mal.
Porém que passam pela vida,
Não a deixando esquecida
Em um canto qualquer,
Valorizando cada momento,
Cada minuto,
Cada segundo,
Para ver a transformação
Do seu irmão.
Pode ser a minha ou a sua,
Não se deixe esquecer,
Faça valer.
(Clara Luz)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Minha Oração!


Abro o coração.
Faço uma oração.
Pela nossa vida,
Pelo nosso dia a dia,
Pelo pão,
Pelo perdão,
Pela busca,
Pela conquista,
Pela confiança,
Pela crença.
Estamos unidos em uma única fé.
Com vários nomes, diferentes culturas,
Diversificadas características,
Muitas cores,
Inúmeros valores.
A direção é uma só.
A luz forte e intensa,
Límpida e cristalina
Daquele que tudo sabe e tudo vê.
E cada vez mais nos faz crer.
Que a união é possível.
Dê-me a sua mão,
Outras logo virão.
(Herrera)

sábado, 19 de setembro de 2009

Jardim de Amigos


Se os meus amigos
Fossem flores,
Seriam coloridos,
Cada um de uma cor,
Com diferentes fragrâncias,
De diferentes crenças.
Mas com a mesma esperança,
A da mudança
Por dias melhores,
Com mais luz,
Com mais paz.
Se os meus amigos
Fossem flores,
Eu os cultivaria num jardim,
Para que ficassem
Sempre junto de mim.
(Herrera)

Calgar Degraus


Galgar alguns degraus
Na sua espiritualidade,
Exige alguns sacrifícios terrenos.
Esquecer a vaidade,
Cultivar a humildade,
Perder o orgulho,
Não ver diferenças.
Precisamos compreender
Que a felicidade
Não está na riqueza.
Está nos pequenos atos
De nobreza,
Com o nosso irmão,
Com a humanidade,
Com a natureza.
Pode estar longe
Mas também perto
O dia em que todo
O nosso ato
Será de puro afeto.
(Herrera)

Quero agradecer. . .
Por mais uma semana.
Por ter tido alegrias e tristezas.
Por ter podido ver muitas belezas.
Quero agradecer ao mestre maior
Por ter visto meus erros
E ter ajudado ao meu irmão.
Quero agradecer por abrir meu coração.
Senhor meu!
Sei que sou a sua ovelha,
Que por vezes se perdeu.
Mas que o Senhor na sua infinita misericórdia
Dela nunca se esqueceu.
(Herrera)

domingo, 9 de agosto de 2009

Todo o pai é um pouco herói!
Não importa que escreva certo
Por linhas tortas,
Ou vice-versa.
Se for um pouco vilão,
Mora em nosso coração.
Se for atuante,
Sempre nos terá como ajudante,
Se for carinhoso,
Sempre terá um abraço afetuoso,
Se nos embalar,
Correr, sofrer, chorar,
Sempre será abençoado
E por nós muito amado.
Seja qual for o pai da sua vida,
Não deixe esta data esquecida.
PAI seja onde você estiver,
VOCÊ É O MEU HERÓI!
(Herrera)
Meu pai cigano,
Que não é perfeito,
Que tem engano,
Que impõe a sua lei,
Que quer ver o filho rei,
Que leva adiante a sua linhagem,
Que impõe a coragem,
Segue tradições,
Balança corações,
Nunca se esquecendo, porém,
De suas obrigações.
O meu pai é cigano,
De lendas e tradições,
Mas que escuta a voz da razão,
Principalmente se vier do coração.
(Herrera)
Pai,
Pai esperança,
Crença,
Mudança.
Pai que também chora.
Pai que cresce junto.
Que cuida.
Que vive com seu filho.
Todas as transformações.
Pai que também é mãe.
Pai guerreiro.
Que está no meu coração
O tempo inteiro.
(Herrera)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Jesus está no trono porque é rei.
Mas quer ser apenas o Senhor,
Aquele que distribui o amor
Na nossa vida,
Que espalha carinho,
Luz, verdade na nossa caminhada.
Jesus está no comando de nossa existência.
Ele apenas quer nos ajudar,
E nós devemos de permitir,
Devemos de deixá-lo participar.
Ele nos quer ver felizes,
Porque somos seus irmãos,
Somos filhos de um mesmo pai.
Que acolhe,
Que ama
Jesus está no trono,
Mas se coloca a nossa frente,
Com os braços abertos,
Vamos correr para esse abraço,
Aceitar essa proteção,
Acalmar nosso coração.
(Herrera)

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Nosso Louvor

No nosso louvor,
No nosso momento de dor,
Nunca nos devemos de esquecer,
Que sempre teremos alguém
Para nos socorrer.
Pode não ser do modo que queremos,
Mas será sempre do que merecemos.
Aquele que tudo sabe e tudo vê,
Tem o poder de nos fazer crer,
Que podemos nos salvar,
Não importa o lugar.
Ele sempre estará nos observando.
E nós o encontraremos no firmamento.
Quer no amanhecer com o sol,
Seja no entardecer com a lua.
A brisa nos virá tocar.
Para nos lembrar,
Que o nosso louvor deve ser diário,
Porém solitário.
Eu e o meu Senhor.
Com todo o meu fervor.
(Herrera)

sábado, 1 de agosto de 2009

ANÚNCIO

Eu busco uma amizade sincera,
Que não se preocupe
Com uma longa espera,
Que seja incolor,
Aceite qualquer cor.
Não seja possessiva,
Faça a sua vida produtiva,
Que seja humilde,
Que tenha crença,
Que cultive a esperança,
Que seja caseira,
Muito companheira.
Que goste sem perguntar,
Que aceite a hora
Que eu chegar.
Conhece alguém assim?
Então conte para mim.
(Herrera)

Quando as Palavras. . .

Quando as palavras forem duras,
Aplaque-as com doçura.
Quando o olhar for de ódio,
Devolva-o com amor.
Quando lhe renegarem,
Reconheça-os com carinho.
Quando for confundido,
Não se sinta esquecido.
Quando lhe impuserem a escuridão,
Faça a sua luz brilhar.
Ilumine o seu caminhar.
Chame por Jesus,
Ele lhe cobrirá
Com o seu manto luminoso,
Com o seu poder misericordioso.
(Herrera)

Lado a Lado

A amizade,
Não pode ter significado de saudade.
Ela tem e deve estar presente
No nosso dia a dia,
Com emoção, com alegria.
A amizade pode ser virtual,
Mas terá sempre o sabor e o calor,
Do amor desinteressado
Que nos faz estar lado a lado
Nesta pagina de recado.
(Herrera)

Amizade

A nossa ansiedade,
Pela busca da amizade,
É normal.
Mesmo que ela seja virtual.
Temos inseguranças,
Dúvidas,
Diferenças.
Mas todos têm algo em comum.
Queremos que alguém goste
Do nosso jeito.
Queremos sinceridade.
Queremos solidariedade.
Uma mão estendida.
Quando a nossa esperança
Estiver perdida.
Uma palavra certa
Em uma hora incerta.
A presença constante
Em nossa vida carente.
Eu lhe peço:
Não fique da minha vida ausente!
(Herrera)

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Busco tantas coisas em minha vida. . .
Mas busco principalmente por você.
Sim, você.
Que lê o que escrevo,
dia após dia.
Que me dá alegria,
que está na minha página,
que incentiva a minha caminhada,
busco por você.
Vamos nos dar as mãos,
unir coraçções.
Vamos transformar,
com a nossa amizade
o mundo em verdade.
(Herrera)
Quando fizeres o seu louvor,
não esqueça de agradecer.
Quando pensar em pedir,
primeiro dê, doe.
Sem maiores intenções de retorno.
Porque é dando desinteressadamente,
que recebemos indiscriminadamente.
Quando quiser amar,
ame sem fronteiras.
Não cobre, o amor é livre,
não tem dono.
Ele é quem escolhe a sua morada.
Quando fizer o seu louvor,
acrescente doses de solidariedade,
de fé, de esperança,
solidifique com a verdade,
e cultue a sua crença pela eternidade.
(Esmeralda Herrera)

quinta-feira, 30 de julho de 2009

A violência contra a mulher, vem vindo desde a antiguidade. Ela apenas muda a sua forma de atuação. Esse tipo de violência não é unicamente sentido na pele.

Ele é sentido espiritualmente. Vem na alma.

Vemos através da história grandes mulheres que marcaram diferentes épocas e que de uma forma ou de outra, foram perseguidas. Posso citar Joana D’Arc. que se passou por homem para poder ser aceita, lutar pelo seu povo e terminou na fogueira quando descoberta.

A força interior da mulher é inexplicável. Ela é uma guerreira nata. Luta para poder sobreviver em um mundo tipicamente machista.

A discriminação, também é um tipo de violência sofrida pela mulher e que ainda existe.

Seja no trabalho, na escola, na vida em família ou no dia a dia, ela sempre precisa estar além do necessariamente exigido.

Atualmente é cada vez menor o número de mulheres, porém ainda existe o que é lamentável, que sofre violência doméstica por conta de seus companheiros ou pessoas de seu próprio sangue.

A Delegacia da Mulher tem tido um papel importante no acolhimento das mulheres que passaram ou passam por esse tipo de violência.

Nesses locais existe todo o tipo de atendimento necessário à orientação e proteção da mulher.

A Lei Maria da Penha também ajudou muito no sentido de se tentar mudar esse quadro.

O procedimento normal é chamar o agressor para uma conversa. Se persistir a agressão e a vítima concordar é feita uma queixa registrada, um boletim de ocorrência.

Quando vai a juízo, normalmente o réu não é preso, ficando apenas como pena freqüentar um curso falando dos direitos da mulher, prestando serviços a comunidade ou em alguns casos dando um determinado número de cestas básicas para um grupo previamente indicado.

Nas famílias e nos lugares mais simples, onde a mulher não tem como sobreviver sozinha, o silêncio ainda prevalece.

Porém muito me alegra como mulher, saber que está havendo uma reação tanto da mulher em procurar ajuda, como em ser assistida.

Ainda existe muito a fazer. Este é apenas o começo de uma longa estrada.

Este é um artigo escrito por uma mãe que viu a sua filha ser periodicamente espancada pelo próprio marido e que não pensou duas vezes em denunciar e pedir ajuda a Delegacia da Mulher.

Esmeralda Herrera

E-mail: esmeralda.herrera@hotmail.com

Eu louvo o meu Senhor,
e peço por proteção.
Falo com o coração.
No meu pedido,
no meu clamor,
espero ser compreendido.
Com o meu amor,
com a minha dedicação,
eu faço uma oração,
para todos aqueles
que me acompanham
no meu dia a dia.
Tanto os que olho nos olhos,
como os que apenas seguem os meus recados.
Temos a necessidade de nos unir,
juntar forças,
cultivar esperanças.
E ter fé muita fé.

Esmeralda Herrera
Quando não tiveres a quem recorrer,
e sentir a esperança morrer,
eleve o seu pensamento.
E poe um momento,
acredite no poder da renovação,
no poder da criação,
do criador e criatura,
da fé que sempre dura.
Quando você confia e acredita.

Luz Herrera